terça-feira, 2 de maio de 2017

Porca Véia - Recorrendo os Aguapés


Amanhã de manhãzita eu vou pro povo
Eu vou de novo recorrer os aguapé
Terminar umas esquilas a martelo
Eu vou campear algum chinelo pro meu pé

De quando em vez uma cruzada pela vila
Onde cochila as pinguanchas querendonas
Não é demais pra quem vive numa estancia
Matar a ânsia escutando uma cordeona

E quando sobra um sorriso companheiro
Para um tropeiro que campeia onde cestiar
O mundo véio se derrete num abraço
E a gente sente uma vontade de ficar (bis)

Semana nova de Guaiaca quase seca
Mas não me importo que é bom nos apaixona
No mês que vem volto de novo Deus me livre
Matar a ânsia escutando uma cordeona