sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Os Mirins - O tranco da morena rosa


Olha o tranco da morena rosa, rebocada de rouge e "batão"
Machucando a vanera,à sua maneira, bombeando pro chão

Na penumbra do rancho costeiro "porvadeira" a meia costela
O gaiteiro entonado floreava o teclado e bombeava pra ela

O perfume da morena rosa dá vontade da gente pegá
Apesar de gaviona,escuita a cordeona e começa se espiá

O semblante da morena rosa, lua cheia de felicidade
Quanto mais sarandeia o corpo incendeia de tanta vontade