quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Gaucho da Fronteira - Vaneirao sambado


Fiz um vanerão sambado que é este samba vaneirado que até hoje
ninguém viu
Só pra ver como e que fica gaita ponto com cuica, olha só o que
saiu
Cavaquinho com guitarra, tá na cara que dá farra e muito pano
pra manga
Bombo legüero e pandeiro, vai ser aquele entrevero na tua escola
de samba


(E com chimarrão e mé, todos vão dizer no pé, no galpão ou na
favela
E quem sabe em fevereiro eu não saia de gaiteiro na Mangueira ou
na Portela) bis

Seu Chico Anísio passista, que a chinoca vai pra pista, vaneirar
o meu sambão
Que o ginete não se afrouxa, tão esperando as cabrochas pra
sambar no vanerão
Este vanerão sambado pode crer que da babado com dois roncos
diferentes
A cuica com seu breque e a gaita ponto que e um leque, não vai
ter ninguém que agüente

(E com chimarrão e mé...

O som desse reco-reco chega ate me dar um treco pois faz cócegas
no fole
E esse tal de repinique deixa a gente com chilique, boca seca e
corpo mole
Mas o seu Chico não se zangue, com esta cruza de sangue, debaixo
do céu de anil
Meu Rio Grande hospitaleiro e o teu Rio de Janeiro, afinal e
tudo Brasil

(E com chimarrão e mé...