terça-feira, 30 de julho de 2013

Peão Carreiro e Zé Paulo - porteiro de hotel


Patrão
Sou porteiro desse hotel
Tratar bem é meu papel
Quem aqui se hospedar

Patrão
Fiz a ficha de um casal
E estou passando mal
Peço pra me dispensar

Patrão,
Esta mulher já foi minha
A esperança que eu tinha
Ela acabou de matar

Patrão,
É muito triste meu drama
Eu mesmo aluguei a cama
Pra com outro ela deitar

Patrão,
Se o azar bater na porta
É felicidade morta
Mesmo que a gente não quer

Patrão,
Vou agora usar chapéu
Pra esconder o troféu
Que ganhei dessa mulher

Int.

Patrão,
Essa mulher já foi minha...